NOVO SITE

Posted in AGENDA - FIQUE ANTENADO on março 6, 2011 by carpediemcomjesus

O BLOG DA CRISTO É A VIDA GUARUJÁ ESTÁ DE ENDEREÇO E CARA NOVA, CLICK NA FIGURA PARA ACESSAR!

www.cristoeavidaguaruja.webnode.com.br

CRENTE CELULAR

Posted in MURAL on março 2, 2011 by carpediemcomjesus

Posted in AGENDA - FIQUE ANTENADO on março 1, 2011 by carpediemcomjesus

Olá família Cristo é a Vida – Guarujá teremos nosso  BAZAR no dia 19.03 (sábado) das 9h às 18h. Divulgue, avise os seus amigos.

Av. Francisco de Castro, 120 – Vila Áurea (próximo ao posto policial)

REUNIÃO DE MULHERES – LIA

Posted in ESPAÇO MULHER on fevereiro 24, 2011 by carpediemcomjesus

“Ora, Labão tinha duas filhas: Lia, a mais velha, e Raquel, a mais moça. Lia tinha os olhos baços, porém Raquel era formosa de porte e de semblante.” Gn 29.16-17


Lia ou Léia em hebraico significa: cansada, enfraquecida por doença. Ela era a filha mais velha de Labão. Tinha os olhos baços, ou seja, sem brilho, desbotados, considerados defeituosos.


Aqui começa a história de uma mulher que tinha tudo para ser um fracasso, se não houvesse uma intervenção divina. Creio que muitas de nós nos identificaremos com Lia em algumas áreas em nossas vidas.


Jacó após ter tido uma experiência com Deus, na qual El viu os céus abertos e anjos de Deus subindo e descendo por uma escada, faz uma aliança com Deus lhe pedindo sucesso em sua jornada. Ao chegar às terras de Harã, Jacó encontra-se com Raquel e ali nasce uma história de amor a primeira vista.


Enquanto isso, Lia sem saber do que acontecera, segue sua triste vida sem muita expectativa, cheia de complexos, com a auto-estima lá em baixo. Para piorar a situação, viveu à sombra de sua irmã perfeita e linda admirada por todos.


Quantas de nós vivemos a nossa vida dessa forma, porque não nos encaixamos em um padrão de beleza imposto pelo homem, nos vemos discriminadas, excluídas e sem valor.


Talvez não seja uma imperfeição física, mas uma incapacidade de ser quem gostaríamos. Nessa guerra constante vamos empurrando a vida com a barriga, procurando não pensar no assunto, nos conformamos dizendo: “comigo é assim mesmo, nada da certo, tudo funciona bem para os outros, olha fulana ela é perfeita, bonita, querida por todos”.


Precisamos aceitar o que Deus pensa ao nosso respeito, crer na Sua Palavra. Em I Sm 16: 7 diz: “…porque o Senhor não vê como vê o homem. O homem vê o exterior, porém o Senhor, o coração.” O importante e necessário é saber que independente de qualquer coisa, somo valorosas aos olhos de Deus e também seremos aos olhos daqueles que nos conhecem e conhecerão se começarmos a nos valorizar.


Raquel era formosa de porte e semblante (v.17), o que aumentava o sofrimento imposto a Lia. Na cultura judaica a primeira filha a casar é sempre a mais velha. Imagine o quão humilhante foi para Lia ver que sua irmã mais nova havia conseguido um pretendente, que seu pai armara um plano para que ela tomasse o lugar da irmã e que mesmo depois de casado, seu marido ainda sim decidiu trabalhar mais sete anos pela sua irmã, pois ela não o satisfazia. Lia sentiu o desprezo e a rejeição (v.18). Mas sempre há uma esperança, um consolo, pois a Bíblia em salmo 37: 4 – 7 diz:


Deleite-se no Senhor, e ele atenderá aos desejos do seu coração. Entregue o seu caminho ao Senhor; confie nele, e ele agirá: Ele deixará claro como a alvorada que você é justo, e como o sol do meio-dia que você é inocente. Descanse no Senhor e aguarde por ele com paciência; não se aborreça com o sucesso dos outros, nem com aqueles que maquinam o mal.


Na onisciência e soberania de Deus, Labão é usado para tratar com Jacó, enganando-o assim como anos antes Jacó enganara seu pai, usurpando o direito de primogenitura do irmão, Esaú.


Lia foi tratada por seu pai como um objeto, que ele poderia usar para garantir mais sete anos de trabalho de Jacó. Podemos conjecturar que talvez Lia tivesse se alegrado com a possibilidade de ser amada, de não ser mais motivo de vergonha, entretanto no verso 30 vemos que Jacó amava mais a Raquel do que a Lia. Olha que situação Lia fora rejeitada por seu pai e marido e invejada por sua irmã.


Na vida de Lia vemos a figura masculina como abusiva; carregada de rejeição e desprezo. Quantas de nós que tivemos o mesmo modelo criamos fortalezas nas nossas mentes acreditando que todos os homens são iguais, que nenhum homem presta.


Deus quer trazer a cura, a libertação de todas as suas experiências de desprezo, de humilhação por parte de seu pai, irmãos, marido, etc. para que o papel Dele seja restaurado em você. Afinal Ele é especialista em transformar caos em benção.


Contudo, o Senhor espera o momento de ser bondoso com vocês; ele ainda se levantará para mostrar-lhes compaixão. Pois o Senhor é Deus de justiça. Como são felizes todos os que nele esperam! Is 30.18


O Senhor lhe apareceu no passado, dizendo: “Eu a amei com amor eterno; com amor leal a atrai. Eu a edificarei mais uma vez, ó virgem, Israel! Você será reconstruída! Mais uma vez você se enfeitará com guizos e sairá dançando com os que se alegram. Jr 31. 3 – 4


Pois nesses dias os judeus livraram-se dos seus inimigos, e nesse mês a sua tristeza tornou-se alegria, e o seu pranto, num dia de festa. Escreveu-lhes dizendo que comemorassem aquelas datas como dias de festa e de alegria, de troca de presentes e de ofertas aos pobres. Et 9. 22


[…] e dar a todos os que choram em Sião uma bela coroa em vez de cinzas, o óleo da alegria em vez de pranto, e um manto de louvor em vez de espírito deprimido. Eles serão chamados carvalhos de justiça, plantio do Senhor, para manifestação da sua glória. Is 61.3


No verso 31 diz que Deus vendo que Lia era desprezada fez com que ela tivesse muitos filhos. Deus honrou Lia, pois seis dos doze homens que lideravam Israel foram seus filhos. Ela teve a graça de ser mãe de uma tribo sacerdotal: Levi, e de uma tribo real: Judá, das quais descende Jesus. Na sua morte ela foi enterrada no túmulo da família, ou seja, foi reconhecida como a legítima esposa de Jacó.


Ali foram sepultados Abraão e Sara, sua mulher, e Isaque e Rebeca, sua mulher; ali também sepultei Lia. Gn 49.31


Em meio a tanto sofrimento, Lia conseguiu amadurecer, buscando conquistar o amor de seu esposo. Quando ela dá a luz ao quarto filho, Judá, ela louva ao Senhor, ou seja, ela bendiz ao Senhor, não porque fosse costume, lembre-se que ela havia vindo de uma cultura pagã. Ela louva a Deus por ter um relacionamento com ele e receber dele forças para superar todas as suas angustias, frustrações e decepções.


É exatamente esse tipo de postura que devemos ter, confiar no Senhor, depender Dele. Precisamos desenvolver um relacionamento diário com ele, de confiança, adoração e louvor. Ele nos dará graça para que a cada dia sejamos mais livres, para fluirmos em sua perfeita vontade.


Contudo, se você lhe consagrar o coração, e estender as mãos para ele; se afastar das suas mãos o pecado, e não permitir que a maldade habite em sua tenda, então você levantará o rosto sem envergonhar-se; serás firme e destemido. Você esquecerá as suas desgraças, lembrando-as apenas como águas passadas. A vida será mais refulgente que o meio-dia, e as trevas serão como a manhã que brilha. Você estará confiante, graças a esperança que haverá; olhará ao redor, e repousará em segurança. Você se deitará, e ninguém lhe causará medo, e muitos procurarão o seu favor. Jó 11. 13 – 19


“Porque sou eu que conheço os planos que tenho para vocês”, diz o Senhor, “planos de fazê-los prosperar e não de lhes causar dano, planos de dar-lhes esperança e um futuro. Jr 29.11


Pra. Sueli Souza

REUNIÃO DE MULHERES

Posted in ESPAÇO MULHER on fevereiro 22, 2011 by carpediemcomjesus

Nessa última segunda (21.02) tivemos nossa primeira reunião de mulheres, que acontecerá mensalmente. A palavra ministrada foi sobre a vida de Lia. Se você perdeu, não se desespere teremos uma próxima reunião no mês que vem.

 

 

 

FAMÍLIA CRISTO É A VIDA

Posted in POR DENTRO DO CULTO on fevereiro 22, 2011 by carpediemcomjesus

CLICKS DO ÚLTIMO CULTO – 20.02.11

Posted in POR DENTRO DO CULTO on fevereiro 21, 2011 by carpediemcomjesus

 

 

 

Nesse último culto tivemos a apresentação dos novos membros da Equipe Barnabé, bem como algumas coisas que temos de prestar um pouquinho mais de atenção como chegar mais cedo e ocupar os lugares vazios após o louvor.



Contamos também com a presença do Pastor Valmir da Cristo é a Vida de Praia Grande, que trouxe uma palavra sobre a importância de estar fundamentado na rocha. Precisamos ser mais do que ouvintes, precisamos ser praticantes da Palavra. Pr. Valmir também testemunhou sobre o trabalho evangelistico feito em sua igreja por meio do rap e artes, ele trouxe o Mc Douglas, segue abaixo o vídeo do irmão Douglas.