APRENDENDO A ANDAR

2924

 

Ontem, quando estava orando antes de dormir, Deus falou comigo de uma forma especial. Ele me fez lembrar da minha primeira bicicleta. Era azul e branca, mas tinha rodinhas. Além das duas rodas da bicicleta, tinha mais duas atrás, porque eu não sabia andar. Eu tinha muito medo de cair, sempre tive muito medo de me machucar, pois quando isso acontecia, doía muito. Até que eu percebi que meus amigos, que andavam sobre duas rodas, conseguiam andar mais depressa do que eu, e as curvas que eles faziam eram bem mais rápidas. Então eu resolvi aprender a andar apenas sobre duas rodas. Todos os dias, meu pai, cansado do serviço, chegava em casa, e me levava para a rua, ainda sem asfalto, de barro, para me ensinar a andar. Ele segurava no banco, às vezes em mim, e eu me sentia segura, sabendo que ele estava me segurando. Ia pedalando confiante, porque o meu pai estava me segurando. De vez em quando, eu virava para trás e dizia: – Não me solta pai! Não solta senão eu caío! Mas era ruim, porque eu sempre tinha que depender do meu pai para andar de bicicleta, e às vezes, coitado, chegava tão cansado que nem tinha forças para ir comigo até a rua. Muitas vezes fiquei sentada esperando, e ele demorou tanto pra chegar, que já estava escuro para que eu pudesse me divertir com meus amigos. Então fiquei meditando sobre isso. Queria saber o que Deus estava querendo me falar com isso. Aí eu lembrei do meu primeiro tombo. Meu pai estava me segurando, e de repente eu vi que estava indo muito rápido, olhei para trás com dó do meu pai, que devia estar correndo muito, e ele não estava ali, estava bem longe de mim, me olhando andando sozinha na bicicleta. Eu me desesperei, mesmo já tendo andado um bom pedaço sozinha, tirei os pés dos pedais e caí no chão. Me machuquei muito. Levantei do chão chorando, larguei a bicicleta aonde estava e saí gritando, dizendo que era tudo culpa do meu pai, pois ele prometeu que não me soltaria, e eu caí. Não queria mais que ele me ajudasse, não confiava nele. Engraçado como nosso relacionamento com Deus, nosso Pai, pode ser comparado com um pai ensinando um filho a andar de bicicleta! Quantas vezes em minha vida, tentando aprender a “pedalar”, eu me vi nessa situação… Queria crescer, aprender novas coisas, pedia para Deus me ajudar, ensinando da maneira certa, para onde devo olhar, como devo pedalar, em que momento devo frear… Ele me ajudava, e até certo ponto segurava no banco para que eu me sentisse segura… e então, quando eu já estava preparada, Ele me soltava… porque já tinha me ensinado o suficiente para que eu pudesse me equilibrar sozinha. E o que acontecia? Eu olhava para trás. E olhando para trás, parecia que Deus estava tão longe. E eu me desesperava e caía. E o pior de tudo, é que quando levantava chorando, culpava a Deus pelo meu tombo, e ficava desacreditada da promessa que Ele havia feito a mim. Mas mesmo me machucando várias vezes na bicicleta, eu aprendi. Todo mundo diz que se você não levar nenhum tombo nunca vai aprender a andar de bicicleta. Pois então, eu aprendi, e até hoje ando muito de bicicleta. Faz tempo que eu não caio viu, o último tombo fazem mais ou menos 8 anos. Nossa! Isso quer dizer que eu até que aprendi. E hoje entendo porque meu pai me soltou. Porque ele sabia que eu ia conseguir. Eu só caí porque não confiei no que ele tinha me ensinado. E é isso que Deus faz conosco, Ele nos ensina, nos instrui e nos deixa seguir, olhando por onde vamos, dando uns gritos de vez em quando, mas sempre ali. Esperando que nós, possamos na prática fazer o que sabemos na teoria. Eu aprendi também, que diferente das bicicletas, a vida tem manual, a bíblia. E é nela que eu aprendo passo a passo como devo andar. Deixe que Deus te ensine, te instrua, te segure, e agradeça a Ele por todos os tombos que Ele te deixa levar, para que você possa aprender com cada um deles. “Imediatamente estendeu Jesus a mão, segurou-o, e disse- lhe: Homem de pouca fé, por que duvidaste? Mateus 14:31”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: